• Ronei Silveira

5 técnicas de guitarra solo que todo guitarrista precisa dominar


Se você quer aprimorar seus solos, essas 5 técnicas de guitarra solo devem ser dominadas.

As técnicas para guitarra servem para deixar seus solos e improvisos mais “redondos”, por assim dizer. Por meio deles você dá mais vida a sua música.

Mas já vamos avisando: essas técnicas devem ser dominadas por todo e qualquer guitarrista. Independente do seu nível.



1 – Bends

A finalidade dos bends é aumentar uma nota sem precisar sair de uma casa. O que você é faz é empurrar a corda para cima (para aumentar em meio tom ou um tom).

Digamos que você esteja tocando a nota D na 2ª corda casa 2. Então queira tocar a nota E. Usando a técnica de bend, basta tocar a nota D e depois empurrar a corda ainda pressionada e terá a nota E.

É importante mencionar que os bends podem tanto serem feitos para cima (aumento o tom) como para baixo (diminuindo).

Os bends são essenciais para todo guitarrista. Logo, se você é iniciante, é muito importante dominar essa que é uma das técnicas de guitarra solo.



2 – Vibrato

O vibrato é uma técnica que consiste em fazer uma corda soar com uma oscilação. Numa linguagem mais grosseira, podemos dizer que é “fazer a corda tremer”.

Podemos ver o vibrato como sequências de bends para cima e para baixo rapidamente.

Através do uso do vibrato é possível dar mais expressão aos seus solos de guitarra.



3 – Hammer-on

O hammer-on consiste numa técnica de ligado. Essa é uma das técnicas de guitarra solo que ajuda a fazer a transição entre uma nota e outra de modo mais tranquilo.

Essa técnica não deve ser feita com palheta, apenas usando a mão esquerda. Tudo o que deve ser feito é martelar a nota usando um dos dedos da sua mão esquerda.

Por exemplo: digamos que você queira tocar a nota D na 2ª corda casa 2. Para isso, usando o hammer-on, basta pressionar a corda com o dedo 1 na casa correspondente e em seguida martelá-la usando o dedo 3.

O hammer-on ajuda a te dar mais agilidades na hora de executar solos mais rápidos.



4 – Pull-off

O pull-off consiste também numa das técnicas de guitarra solo de ligado. Para executá-la basta tocar uma nota puxando-a com o dedo de mão esquerda. Ou seja, você pressiona uma nota numa casa usando, por exemplo, o dedo indicador (1) da mão esquerda e em seguida usa o dedo anular (3) para tocar essa nota, puxando-a.

Temos um artigo aqui no blog da Guitarpedia falando mais sobre os ligados. Para conferir basta acessar aqui: Os Ligados na Guitarra: Hammer On e Pull Off



5 – Slide

Essa é uma das técnicas de guitarra solo mais fáceis de serem executadas.

O slide consiste em deslizar de uma nota para outra na mesma corda. Ou seja, você vai de uma nota para outra sem tirar o dedo da corda.

Um exemplo de como executar essa técnica seria: tocar a 1ª corda na 2ª casa e depois, ainda com o dedo na corda (e com ela soando), deslizar até a 4ª casa.



Conclusão

Essas são algumas das técnicas de guitarra solo importantes para todo guitarrista. Por isso o ideal é que você inclua o estudo delas no seu cronograma de estudos.

Treine para conseguir dominar essas técnicas de guitarra com precisão. Afinal de contas, assim como um profissional somente poderá desempenhar seu trabalho se dominar suas ferramentas, você também só conseguirá aprimorar seus solos se conseguir dominar essas e outras técnicas.



Fonte: https://blog.guitarpedia.com.br/5-tecnicas-de-guitarra-solo-que-todo-guitarrista-precisa-dominar/

1 visualização

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Fechado durante o período de quarentena, apenas atendimento online.

ENDEREÇO

Rua Floriano Peixoto, nº 1758 - Centro - Franca-SP

CEP 14400-760

CONTATO

(16)   3402-1993

(16) 99277-2758 (WhatsApp)

contato@vivarte.mus.br

  • Facebook quadrado preto
  • Twitter Black Praça
  • YouTube Quadrado Preto
  • LinkedIn Quadrado Preto
  • Instagram Quadrado Preto