• Ronei Silveira

Como tocar blues: dicas para quem está começando

Quer saber como tocar blues? Listamos aqui algumas dicas para quem está começando e quer aprender esse estilo musical.

O blues é um gênero musical, profundo e tido como o pai do rock, originou-se nos Estados Unidos no século XIX, entre os afro-americanos.

Quem está começando a aprender blues tem algumas dúvidas que, inclusive, podem impedir seu desenvolvimento nesse estilo, é por isso que hoje nós iremos passar algumas dicas que te ajudarão a evoluir e conseguir tocar blues na guitarra ou violão com mais segurança.

1 – Os acordes de blues


Na guitarra blues, os acordes mais comuns são os com 7, por exemplo: A7, C7, E7 e daí por diante. Isso acontece porque, na música, os acordes geram sensações, tais como sensação de tensão e relaxamento. E no caso do blues não é diferente, pois os acordes estão sempre gerando algum tipo de tensão.

Falando de escalas, sabemos que que temos os seguintes graus:

I = tônica

II = supertônica

III = mediante

IV = subdominante

V = dominante

VI = superdominante

VII = sensível

Tendo em mente os graus da escala acima, em blues praticamente todos os acordes são dominantes (V), então, se a tonalidade escolhida fosse de C maior, por exemplo, os acordes de blues seriam: C7, F7 e G7 (todos com sétima menor). Então, a formação desses acordes se dá com os seguintes graus da escala: I, III, V e VII graus. A partir daí podemos implementá-los.

2 – O  blues de 12 compassos


É de fundamental importância para quem quer prender como tocar blues entender sobre os 12 compassos.

Explicando de modo breve, o blues de 12 compassos é uma progressão de acordes bastante comum na música ocidental (sendo a progressão mais conhecida nesse estilo musical), essa progressão consiste na divisão dos 12 compassos da seguinte maneira:

4 compassos no primeiro grau da escala;

2 compassos no quarto grau da escala;

2 compassos no primeiro grau da escala;

1 compasso no quinto grau;

1 compasso no quarto grau;

1 compasso no primeiro grau e por fim mais 1 compasso no quinto grau da escala (dividindo o compasso em duas partes).

3 – Técnicas que podem seu usadas no blues


No blues você pode estar fazendo o uso de diferentes técnicas, tais como bends, vibrato, slide, hammer-on e pull-off, staccato e também riffs, essa última técnica tem como base a escala de blues mesmo e é uma maneira de deixar sua execução muito mais rica, sendo ele utilizado em todas as escalas de blues.

Você pode também fazer uso da palheta ou apenas dos dedos ou usar ambos num estilo híbrido de tocar.

Existem muitas outras técnicas que podem ser utilizadas para quem está aprendendo a como tocar blues e que podem contribuir para deixar suas execuções muito melhores.

4 – Aprenda as escalas de A, Bb e E


Essas escalas proporcionam um excelente som de blues, então, se você está dando seus primeiros passos nesse estilo, aprender essas duas escalas é essencial para se conseguir fazer seus primeiros sons de blues na guitarra ou violão, por exemplo.

5 – Use mais seus ouvidos


É certo que você pode e deve usar partituras ou tablaturas para aprender como tocar blues, mas nunca se esqueça do seu melhor recurso que são os seus ouvidos, a todo momento é necessário estra treinando-os, por isso, sempre que possível escute bastante músicos de blues e tente tirar as músicas apenas escutando-as. Isso é muito importante para o seu desenvolvimento musical.

6 – Conheça e utilize a blues notes


A note ade blues, conhecida como “blue note” pode te ajudar a dar uma sonoridade mais blues as suas frases, ou seja, vai deixar seus improvisos com um “gosto melhor”.

7 – Escala pentatônica menor


Uma escala bastante utilizada pelos guitarristas de blues é a escala pentatônica menor (penta menor), estudar essa escala é muito importante para quem está começando a aprender esse estilo musical.

Essa escala contém cinco notas (é a escala menor natural retirando os graus 2 e 6) e a sua terça é menor (o terceiro grau dessa escala é meio tom abaixo). Vejamos a seguir um exemplo dessa escala:

Usando a fórmula para formar a penta menor que é tendo como base a escala menor natural, onde retiramos os graus 2 e 6, teremos a escala pentatônica de A assim:

Escala menor natural: A – B – C – D – E – F – G

Escala pentatônica: A – C – D – E – G

8 – Aprender sobre base de blues


O blues não se resume apenas a solos, mas também é necessário aprender sobre bases, acompanhamento, para blues. Isso por que o guitarrista, em muitas vezes, terá que fazer uma base enquanto outro guitarrista faz o solo, logo, é importante ser eclético, fora que se você quiser fazer seus improvisos de blues, poderá querer gravar suas próprias bases e criar licks sobre elas também.

9 – Comece com improvisações simples


O melhor modo de aprender como tocar blues é conhecendo as escalas de blues, escala pentatônica menor e maior e fazendo improvisações em cima de um acorde utilizando-as. Por exemplo:

Digamos que você queira utilizar o acorde de A, então poderá utilizar a escala pentatônica menor de A e fazer um improviso simples, em seguida pode ir explorando o desenho dessa escala ao longo do braço da guitarra ou violão.

E é possível também criar licks utilizando uma base com dois ou três acordes e improvisar usando uma escala de blues referente a ele. Explore as possibilidades, sem exageros, e aos poucos você conseguirá criar seus próprios licks e de modo mais sofisticado.




Fonte: https://blog.guitarpedia.com.br/como-tocar-blues-dicas-iniciantes/

6 visualizações

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Fechado durante o período de quarentena, apenas atendimento online.

ENDEREÇO

Rua Floriano Peixoto, nº 1758 - Centro - Franca-SP

CEP 14400-760

CONTATO

(16)   3402-1993

(16) 99277-2758 (WhatsApp)

contato@vivarte.mus.br

  • Facebook quadrado preto
  • Twitter Black Praça
  • YouTube Quadrado Preto
  • LinkedIn Quadrado Preto
  • Instagram Quadrado Preto