• Eduardo Puglia

7 dicas para uma boa leitura de partituras

Fazer a leitura de partituras é decifrar um código desenvolvido por centenas de anos e transformar símbolos em música. Falando assim, parece mais difícil do que realmente é! Nascida da necessidade de registrar ideias musicais a fim de transmiti-las a qualquer pessoa, uma partitura musical é um sistema extremamente lógico e simples, em que as notas são distribuídas na pauta segundo sua altura – das mais graves às mais agudas – e conforme sua disposição no tempo. Ainda parece difícil? Então listamos aqui algumas dicas para facilitar seu estudo e saber como fazer uma boa leitura de partituras.

1. Altura: as notas são distribuídas na partitura de modo que as mais graves estejam posicionadas na parte de baixo da pauta e as mais agudas na parte de cima, de modo que cada uma ocupe uma linha ou em um espaço, consecutivamente. Dessa forma, sabendo a posição de algumas, fica muito fácil deduzir as outras. As referências são as indicadas pelas claves de Sol e de Fá e, obviamente, o Dó Central.

2. Para decorar a posição das notas na clave de Sol, um artifício muito usado é separá-las em notas posicionadas nos espaços e notas posicionadas nas linhas. Repare que a nota que finaliza uma sequência tem o mesmo nome da que inicia a outra.

Notas nos espaços: Fá – Lá – Dó – Mi

Notas nas linhas: Mi – Sol – Si – Ré – Fá

3. Isso vale também para as notas na clave de Fá.

Notas nos espaços: Lá – Dó – Mi – Sol

Notas nas linhas: Sol – Si – Ré – Fá – Lá

4. O Dó Central auxilia a identificar as notas próximas a ele, o Ré na clave de Sol e o Si na clave de Fá.

5. As notas escritas nas linhas suplementares superiores ou inferiores são menos utilizadas no início dos estudos e, paulatinamente, acabam por serem dominadas.

6. As partituras de boa qualidade são escritas de forma a distribuir os tempos proporcionalmente no compasso, alinhando as notas tocadas simultaneamente. Composições mais complexas exigem um pouco mais de entendimento, mas, nesse caso, a compreensão da escrita e o desenvolvimento da leitura são compatíveis ao domínio técnico.

7. Para facilitar a leitura de partituras, defina uma pulsação e conte os tempos em voz alta, de forma a saber quando cada nota deve ser tocada. Para praticar, uma boa dica é escrever os números relativos aos tempos na partitura, “encaixando” a execução das notas neles.

Mais informações no link: http://blog.fritzdobbert.com.br/tecnicas/leitura-de-partituras-dicas/

8 visualizações

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Fechado durante o período de quarentena, apenas atendimento online.

ENDEREÇO

Rua Floriano Peixoto, nº 1758 - Centro - Franca-SP

CEP 14400-760

CONTATO

(16)   3402-1993

(16) 99277-2758 (WhatsApp)

contato@vivarte.mus.br

  • Facebook quadrado preto
  • Twitter Black Praça
  • YouTube Quadrado Preto
  • LinkedIn Quadrado Preto
  • Instagram Quadrado Preto